8 de jul de 2012

Walt Disney World - Ir ou não de excursão?



A querida Helen Harris, minha amiga e autora do variado Blog Esquilo Adaptado , me perguntou no facebook algo que é tema recorrente para quem planeja visitar a Disney.  Por isso resolvi fazer um post para ajudar outras pessoas que estão nesse dilema.


Ajudinha: tem indicação de quais são as melhores agências de excursão para Disney? (um casal de amigos que não fala uma palavra de inglês está pensando em ir a Orlando, e estão na dúvida se vão de excursão, ou não, e qual excursão) Achei melhor consultar a expert em Disney :) MUITO obrigada! Beijinhos!

Querida Helen,

A impressão que tenho é que em geral quem nunca foi a Disney vai de excursão na primeira vez e depois volta por conta própria para fazer o que não pode experimentar viajando em grupo.

Dito isso, vamos dividir sua pergunta em partes:

1- Indicação de melhor agência:

Como não tenho a informação de onde os seus amigos estão saindo e o que eles querem dessa viagem, vamos fazer um approach diferente para que eles decidam o que exatamente procurar nas ofertas de pacote desse segmento.

Em geral o trivial é:

• Passagem;

• Hotel;

• Café da manha;

• Seguro viagem;

• Traslados;

• Acompanhamento de guia em português;

• Ingresso para todos os parques da Disney, Universal Studios, Sea World e Bush Gardens;

• Ingresso para Parques Aquáticos (dependendo da estação do ano);

• Passeios extras como: Cirque Du Soleil, Jogos da NBA, Medieval Times, etc;

• Dia de compras.

A agência informa com quantas pessoas normalmente eles fecham um grupo?

Conduzir 30-40 pessoas pelo parque é bem diferente de andar em 10-15, por exemplo. Só esse fator já decide se eles vão ter de andar de camiseta igual e bandeirinha para o guia não perder ninguém.


Grupo de visitantes na entrada do Magic Kingdom

Posso me separar do grupo?

Normalmente o guia dá um horário onde cada um pode fazer o que quer. Mas como os parques são enormes, nem sempre o tempo oferecido é o que corresponde a enfrentar novamente a fila do brinquedo que você mais gostou ou voltar naquela lojinha onde você viu uma coisinha bacana para sua sobrinha, etc. 
 

Refeições (não inclusas no pacote): 
Posso comer em um restaurante diferente? Trabalhando nos parques eu sempre reparava que os grupos de excursão inevitavelmente faziam todas suas refeições em restaurantes tipo buffet ou fast food.

Acho que é por isso que a idéia de que vem para cá pela primeira vez é achar que só vai comer pizza e hamburger o dia inteiro. Na realidade, a Disney oferece tem um cardápio bem variado quando falamos em restaurantes a la carte. O problema, é que nem sempre essa opção agrada o bolso de todos e o tempo “gasto” na refeição atrapalha o aproveitamento “máximo” dos parques.


Fonte:  http://diswhiz.com/

A agência oferece alguma opção em dividir o grupo por idades e interesses?

Um grupo de adolescentes de 15 anos certamente não terá os mesmos interesses de um grupo de adultos de 25-30 anos. Se o grupo for variado: ter jogo de cintura e senso de coletividade vai ser essencial para o passeio não acabar com seu sonho de conhecer todos os cantinhos da Disney.

Investigue na internet.  Se algo chamar a atenção o melhor é dividir essas preocupações na hora de fechar o pacote. 
 

2 - Ir para a Disney com ou sem excursão?

Vantagens:

• Comodidade:

Se você é daqueles que não gosta de planejar sua viagem, faz o que todos estiverem fazendo sem maiores dores de cabeça, viajar em grupo é ótimo. Vai todo mundo fazendo festa o tempo todo com um guia encarregado para ajudar caso algum imprevisto aconteça. Você entra no ônibus, o motorista leva e tudo flores...

Normalmente o acompanhamento já começa no check-in do aeroporto no Brasil com o guia auxiliando naquelas etapas que deixam as pessoas mais ansiosas como conexões de vôo, imigração, preenchimento dos formulários de chegada nos EUA e vai até a despedida no desembarque.

• Aproveitamento de parque:

Os guias especializados estudam o parque inteiro, pesquisam as horas dos shows e desfiles principais e elaboram rotas para aperfeiçoar o tempo de permanência em cada visita. Por isso há quem diga que de excursão você aproveita mais o passeio.

Desvantagens:

• Você nem sempre vai poder fazer o que quer durante a sua viagem:

O guia não pode parar o grupo inteiro toda hora que alguém resolve fazer alguma coisa diferente da maioria porque isso atrapalha o ritmo da visita.

• Prepare-se para uma maratona: 

Normalmente o itinerário começa às 7h da manha com o café no hotel. Todos devem estar preparados para sair às 8h e assim, chegarem ao parque às 9h (horário de abertura) com pique de fazer TUDO até a queima de fogos (20h, 21h). Imagine: 10-15 dias acordando as seis da manha, caminhando o dia inteiro no sol ou frio, abastecido de fast- food e dormindo quase meia-noite? É esse é o seu ideal de viagem?

• Você tem horário para tudo:

Comer, beber, comprar, descansar, ir ao banheiro. Se a pontualidade não é o seu forte, acostume-se.

• O estereótipo dos grupos de brasileiros na Disney:

Esse eu testemunhei enquanto trabalhava nos parques. É desagradável saber que seus compatriotas têm fama de furar fila, cantar alto, correr pelo parque (lembrando que a Disney não tolera correria) e gritar pelos hotéis tarde da noite.

Claro que não são somente os brasileiros que fazem bagunça, mas quando qualquer funcionário ou visitante gringo já consegue identificar a lingua portuguesa  e as camisetas da seleção brasileira associadas a esse tipo de comportamento é sinal de que virou uma praga. Não é difícil, por exemplo, encontrar fóruns online discutindo esse tema.

Solução: Para evitar reclamações de outros visitantes, os funcionários procuram segmentar esse grupo durante toda a visitação. Mesas de restaurante em ambientes separados, quartos isolados dos outros hóspedes, nos brinquedos se tiver uma atração de caiba 50 pessoas e 30 estão vestindo a mesma camisa eles deixam os outros 20 espaços vazios para evitar aborrecimentos.

Isso, em minha opinião, distancia ainda mais uma cultura da outra e impossibilita o visitante brasileiro de interagir com os locais. Vira uma experiência de visitar o parque sendo o alvo de atenção e precaução.

3 – Finalmente, a barreira do inglês:

Eu vou te dizer que a Walt Disney World é um dos lugares mais preparados para receber turistas brasileiros aqui nos EUA. Todo ano eles contratam algumas centenas de castmembers brasileiros (durante as férias de inverno e verão) justamente para espalhá-los pela propriedade e fazer todo mundo se sentir “em casa”. Eles oferecem mapas (disponíveis na entrada do parque), aparelhos de áudio (para acompanhar as atrações) em português.


Sem contar que na Florida encontrar um latino que esteja disposto a ajudar um brasileiro em apuros não é tarefa difícil, até nos shoppings (como Premium, Prime e Florida Mall, por exemplo) as lojas contratam brasileiros como vendedores para auxiliar nessas situações.


Se eles estiverem preocupados em como chegar aos parques, ficando num dos hotéis da propriedade eles podem pegar os ônibus circulares que a própria Disney oferece. São gratuitos, passam no intervalo de 5-10 minutos e levam para todo o complexo. Desde a porta do hotel, até a porta do parque. O horário deles vai de acordo com o horário de abertura (uma ou duas horas antes) e fechamento de cada parque (até o ultimo visitante sair).

Por fim:

Certamente o que ajudará mais o seu casal de amigos a tomar uma decisão se optam por viajar em grupo ou não, é pensar qual em que perfil de viajante eles se encaixam mais. São aventureiros? Gostam de comodidade? Param para tirar muita foto? Gostam de experimentar comidas diferentes? Eles se incomodam de ir a um lugar e não conhecer absolutamente TUDO?

Bem, esse assunto “dá pano para manga” e o post já ficou longo demais, por isso paro por aqui. Espero que o casal faça uma ótima viagem e caso tenha outras duvidas pode passar aqui no blog e ou no facebook e deixar um comentário. Responderei (se souber) com o maior prazer!

Have a magical Day!


           Fonte: http://forums.wdwmagic.com/  


5 comentários:

  1. Oba! Obrigada pela resposta bem detalhada :) Vou passar o link adiante para eles. Beijinhos e muito obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
  2. olá! eu sou esse amigo!! kkkkkkkkk
    muito obrigado pelas dicas e por ter perdido um tempinho em nos ajudar!!kkkkkkk

    ass- claudio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Claudio,
      Obrigada pelo comentario! Se lhe ajudei nao perdi meu tempo = )fiquei feliz. Boa viagem!

      Excluir
  3. quero fazer uma excursao para comemorar meus 15 anos em orlando com a miha amiga, vc tem algum crupo pra me endicar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Anônima-de-quase-15 anos, minha recomendação é que você visite agencias da sua cidade que ofereçam um pacote seguindo os itens triviais (como hospedagem, traslado, seguro saúde e ingresso para os parques) que me refiro no post acima. Muitas agências no Brasil oferecem pacotes para a Disney, o mais importante é você escolher uma que você se identifique com o grupo que vai viajar com você (e que provavelmente seus pais sintam-se seguros). Boa viagem!

      Excluir